PT Guarulhos > Notícias

“Bloco Vermelho e Branco” estreia no carnaval guarulhense

Sem poupar críticas ao governo Guti,o bloco quer cantar nas ruas os problemas que afetam a população.

sexta-feira, 02/02/2018 | DESTAQUE

Amantes do samba e do Carnaval, um grupo de amigos começou a discutir há pelo menos dois anos atrás a criação de um bloco de esquerda, onde fosse possível discutir nas ruas os problemas da Cidade e do Brasil, assim nascia a ideia do “Bloco Vermelho e Branco” que fará sua estreia no carnaval guarulhense no sábado, dia 10.

Para os integrantes do bloco Eder Santos de Oliveira e Cláudio Celso Leite, popularmente conhecidos como Eder do Picanço e Celso Leite, o principal objetivo é pautar nas ruas questões reais da cidade e do país e, que afetam o dia a dia do povo de Guarulhos. O “Bloco Vermelho e Branco” é um canal de comunicação que representa as lutas sociais, a igualdade de direitos, a liberdade e a esperança. “Aliamos o que amamos ao que acreditamos e defendemos. É na linguagem do samba que apontamos os problemas de nossa sociedade”, afirma Celso Leite.

Contando com o apoio de várias lideranças do movimento de esquerda e do deputado estadual Alencar Santana, em 15 de dezembro de 2017, o bloco fez seu lançamento oficial na Praça Getúlio Vargas. Como esquenta para o Carnaval, seus organizadores tem promovido atividades culturais como Rodas de Samba, a primeira ocorreu no ultimo dia 27 de janeiro e outra já está agendada para dia 02 de fevereiro com a presença do grupo “Samba de Preto”.

Apesar de ainda “estar nascendo”, como define Celso, o bloco está em contínuo crescimento. Além da participação efetiva de militantes do PT e de outros partidos progressistas de Guarulhos, também compõe o “Vermelho e Branco” integrantes de outras agremiações como da Unidos do São João, Tok Final do Pimentas, Paineiras, Bloco Saudosa, também participam Bloco Treme Treme e Acadêmicos do Picanço.

Uma crítica ao governo Guti

Guarulhos não tem desfile de escolas de samba desde 2017, este é o segundo ano consecutivo que o atual governo diz não ter verba para viabilizar a apresentação das escolas.  “Nosso samba é uma forma de protestar contra o prefeito que acabou com o carnaval na Cidade, e também abordamos a Febre Amarela que está no dia a dia das pessoas”, afirma Celso. Em seu samba, o “Bloco Vermelho Branco” critica a decisão do governante. “Cadê a verba da nossa Cultura, foi repassada ou caiu noutro lugar. Tirou do samba a colorida passarela. Self é sua diversão de ilusão, coloque o seu pé no chão…”.

Expectativa e Abadás “Todas as escolas e blocos se resumem a famílias” e é em cima desta afirmação que os componentes têm trabalhado para terem uma boa participação de público. “Estamos convidando nossos familiares, amigos, lideranças, vereadores, deputados e claro, contando com a força do Partido dos Trabalhadores”. Foram confeccionados 200 abadás para ser usado pelos foliões que podem ser adquiridos no PT Guarulhos a preços acessíveis.

Na reta final para o desfile, o “Bloco Vermelho Branco” está com tudo organizado: samba finalizado, componentes motivados, intérprete afinado e instrumentos preparados. Agora é só conter a ansiedade e aguardar o grande dia para que com todo seu encanto cante a liberdade e a esperança.

Serviço:

Roda de Samba com “Samba de Preto” Sexta-feira, dia 02, a partir das 19h Av. Esperança, 720 – Centro Entrada franca

Vendas de Abadás Preços promocionais: 1 unidade R$ 20,00, a partir de 3 unidades, R$ 18,00
Diretório do PT – Rua Dona Vera, 69 – Jd. Santa Mena
Tel (11) 2440-1465
De segunda à sexta-feira, das 9h às 18h

Desfile do Bloco Vermelho e Branco Sábado, 10 de fevereiro Concentração: 13h na Praça Getúlio Vargas

Compartilhar:

Facebook
Twitter597
advertisement

Arquivos